15/03/2012

LAGARTIXA MICHA




Micha é um horror de lagartixa

Finge que é madame, mas só da vexame

Malvada e egoísta

Pensa que é nobre, fina e elegante

Que mentira que tristeza

No fundo é cafona, espevitada não tem nada de fineza

Pobre Matilda

Que vive tendo que aturar

A mixuruca desta Micha

Micha muito exige, não abre mão de elogios

De moscas fresquinhas na hora que bem quer

E a pobre da Matilda, corre apressada

Pros pedidos atender

Com medo da malvada

Mas Matilda logo sacou

Que Micha apenas em si pensava

Era boba e deslumbrada

Um plano Matilda traçou

Logo a lagartixa despachou

Pra casa de uma tia

Lá pras bandas de New York

Onde a lagartixa espera um dia

Virar super star

E voltar para com

Matilda as contas acertar

Um comentário:

  1. Anônimo21:37

    Amei-uso seus poemas em minhas aulas com os pequeninos (mas gente grande também gosta viu) Tia Lu BH

    ResponderExcluir