15/03/12

LAGARTIXA MICHA




Micha é um horror de lagartixa

Finge que é madame, mas só da vexame

Malvada e egoísta

Pensa que é nobre, fina e elegante

Que mentira que tristeza

No fundo é cafona, espevitada não tem nada de fineza

Pobre Matilda

Que vive tendo que aturar

A mixuruca desta Micha

Micha muito exige, não abre mão de elogios

De moscas fresquinhas na hora que bem quer

E a pobre da Matilda, corre apressada

Pros pedidos atender

Com medo da malvada

Mas Matilda logo sacou

Que Micha apenas em si pensava

Era boba e deslumbrada

Um plano Matilda traçou

Logo a lagartixa despachou

Pra casa de uma tia

Lá pras bandas de New York

Onde a lagartixa espera um dia

Virar super star

E voltar para com

Matilda as contas acertar

VOLTEI

DESCULPEM-ME POR TANTO TEMPO DE AUSÊNCIA

09/01/10

Querida Bruna







Não sei de onde veio
Como se deu
Só sei que embaixo da minha cama ela apareceu
Pequenina do tamanho do meu dedão
Parecia até rosa em botão
Pequeninha, invocada
Gulosa, convencida
Dona da bagunça, senhora da parada
Vive reclamando, me metendo em confusão.

Querida Bruna
Não sei por que ainda te adoro
Amiga de coração
Afinal
Você vive reclamando
Da minha falta de imaginação!


Amiga de todas as horas
Finge que é durona
Mas no fundo é uma chorona
Dá uma de mandona
De intelectual
Mas no fundo
E uma tremenda cara-de-pau.

Querida Bruna
Não sei por que ainda te adoro
Amiga de coração
Afinal
Você vive reclamando
Da minha falta de imaginação!


Querida Bruna te guardo
Bem no fundo de um baú encantado
Carregado de lembranças
De uma amiga
Inesquecível, engraçada e estranha
Gente fina
Pra ‘caramba’.

Saída de um ‘mundo fantástico’
Para ficar sempre ao meu lado


"Viviani Ketely"

29/10/09

O GATO CHINÊS


Era uma vez um gato chinês que veio da China e contava até três
O gato chinês tinha um pai chinês um tio chinês e um avô japonês
O gato chinês jogava xadrez e falava inglês
Comia xinxim com pato de Pequim
O gato chinês vestia carmim e sapatos cor de alecrim
Morava em cima da casa de chá, mas só bebia guaraná
O gato chinês namorou noivou e casou de uma só vez
Sua esposa era chinesa de mãe chinesa de tia chinesa e de vó Tailandesa
A gata chinesa vendia Nanquim e falava Mandarim
Eles tiveram muitos gatinhos machinhos
E uma linda gatinha chamada Ling
-Fim.

19/02/09

MENINA BAILARINA II


Mamãe
Me fiz sua bailarina
Como a da caixinha
Que não se cansa de dançar

Mamãe
Na pontinha já sei ficar
Encanto platéias pequeninas
Com um cuidadoso e gentil par

Mamãe
Me preparo com cuidado
Como um espelho encantado
Com medo de se quebrar
Meu vestido todo rosa
E adornado de flores novas
Meus cabelos arrumados
Com contas de cristal
Minha boca colorida
Com gotas do luar

Mamãe
Fique orgulhosa
Meus pezinhos pequeninos
Flutuam
Na sapatilha tão sonhada
E com elas vou girando, girando
Girando sem parar

Mamãe olhe
Como é lindo meu ‘’Éleve’’
Encantado meu ‘’Plié’’
Perfeito o ‘’Relevé’’
Tão esperado o ‘’Pas de Bourrée’’

Mamãe
Sei que
Seu coração aplaude emocionado
Este sonho realizado de menina
Que se fez sua bailarina
Sem precisar morar
Dentro de uma
Caixinha “Enchanté”
"Viviani Ketely"

14/12/08

SER NATAL




Estou voando
voando sobre as flores
voando
como um pássaro cruzando os céus
rumo ao mar
Estou vagando
vagando
sobre pedidos inocentes
de crianças
a espera do Natal
Posso ouvir
ouvir
os sinos tocando
anunciando
sonhos à serem realizados
Me farto
me farto de fé
em volta da ceia
Navego
navego rumo ao Sol
carregando a neve
que cobria alguns
corações
Canto
canto alegremente
para que a noite
suavemente
alcance o infinito
e que todas as lágrimas
por justiça
se façam acolhidas
recolhidas
e jamais esquecidas
Estou buscando
buscando o brilho da estrela
no topo
da arvore coberta de luzes
e enfeites
como um manto encantado, iluminado
é muito mais do que beleza
é nobreza
Não importa o que se acredita
o Deus ou Deuses existentes em mim
ou em você
o que importa sinceramente
é o aniversário
o aniversariante!!!!!!!!!.
"Viviani Ketely"

UM PEDIDO PEQUENINO


Fiz um pedido pequenino
pro Papai Noel
pedi uma casa encantada
coberta de balas carameladas
sonhos recheados
e bolos confeitados
pensei bem, bem mesmo
percebi ser muito doce
meu pedido
não quero sair da linha
entrar na dieta
então: pedi uma bicicleta!

Fiz um pedido pequenino
pro Papai Noel
um pote recoberto
de ouro em pó
rodeado de diamantes e rubis
pensei bem, bem mesmo
percebi que
não quero nada tão valioso
tão invejoso
não tenho onde guardar
não quero viver para esconder
então: pedi um cofrinho
para com moedas encher

Fiz um pedido pequenino
pro Papai Noel
pedi um elefante, um camelo e um leão falante
pensei bem, bem mesmo
percebi não ser nada fácil
alimentar amigos tão grandes
colocar para dormir
no cantinho do meu quarto
então pedi um gatinho, pode ser um cachorrinho!

Fiz um pedido pequenino
pro Papai Noel
um Natal encantado
rodeado de paz amor e carinho
perto de quem amo
com abraços apertadinhos
coberto de neve
pensei bem, bem mesmo
até posso substituir a neve gelada
por outra encantada é iluminada
mas que o Natal seja igualzinho ao
meu pedido pequenino!


"Viviani Ketely"

07/11/08

Não tenho culpa de nada


Contei que estou apaixonada
Pelo garoto nota mil
Mamãe disse que sou muito nova, muito menininha
Não tenho culpa de nada
Se meu coração bate feito tamborim
Quando Ricardinho olha para mim
Ah! Mas Ricardinho me trocou
Pela filha do encanador
Chorei tanto que até com dó de mim ele ficou

Descobri que estou sonhando
Ele é a perfeição
Mamãe disse que sou muito nova, muito meninha
Não tenho culpa de nada
Se ele é meu coração
Não fala palavrão, não cospe no chão
Estuda de montão, come com educação
È valente e vive sorridente
Mamãe curiosa quis saber do meu novo amor
Onde o vi, quem me apresentou
Tive que acalma-la , nada de afobação
Ele é realeza príncipe da beleza, jovem com coragem
O encontrei de passagem
Todo empoeirado, perdido e solitário
Em um conto de fadas
Esquecido no armário
"Viviani ketely"

01/10/08

Sapo Juriré


O sapo Juriré
Pediu Marisapa em casamento
Prometeu uma mansobrega
Até fez juramento
Marisapa aceitou
Mas condições firmou
Que Juriré
Nunca pedisse cafuné, lambesse picolé, jogasse sapolé e andasse pé com pé
Juriré analisou com compadre Sapobino até confabulou
Este aconselhou
“Ouça o que eu te digo meu sapo, sapas querem sempre mandar”.
‘’Dá no pé antes do brejo afundar.’’
“Faça como eu viva solteiro, e coma lodo o dia inteiro”.
Casamento confirmado, enxoval comprado
Convites enviados, bolo enfeitado
Noiva arrumada, convidados na parada
E Juriré dando no pé.


"Viviani Ketely"

09/09/08

De volta estou


Passei longos dias
Longe daqui
Viajei para perto
De onde nasci
Revi amigos
Que a muito deixei
Comi coisas gostosas
Me lambuzei
Até vexame eu dei!

Passei longos dias
Longe daqui
Tomei um navio
Em alto mar
Salvei muito peixe
De se afogar!

Passei longos dias
Longe daqui
Voei bem alto
Até o céu cruzar
Servi de guia
Aos passarinhos
A procura de novos ninhos!

Passei longos dias
Longe daqui
Acampei no brejo
Adormeci
Conheci um sapo
Muito simpático
Não era príncipe
Era um ‘rei’ sapo!

Passei longos dias
Longe daqui
Esbarrei em um arco íris
Com um pote bem grande
De palavras empoeiradas
Depois de lavadas e dependuradas
Foram todas arrumadas!

Passei longos dias
Longe daqui
De saudades quase morri
De volta agora estou
Daqui tão cedo não me vou!!!!!!!!!!!!!!!!

"Viviani Ketely"

12/05/08

Estrelinha



Estrelinha, flor pequenina
Olhos encantados
Doce de se olhar
Estrelinha levada
Encaracola as nuvens
Azula o luar
E vai para o Sol brincar
Estrelinha que gosta
Das roupas da Estrela mãe usar
Faz pose de modelo
Desfilando na cozinha estrelar
Recebendo animados aplausos
De uma platéia selecionada
Agradecida Estrelinha
Lança
Meigos sorrisos de super star
Estrelinha colorida
Flor cheia de vida
Seu brilho era tanto
Que foi com os grandes astros morar
De onde rege um coro de anjos
Que cantam animados
A outros tantos inocentes anjos
Levados
Estrelinha toda a noite agradecida
Brilha de maneira especial
Seu brilho atravessa
O universo e vem bater direto
Como um beijo nas bochechas
Da estrela mãe
Que manda de volta
Outros tantos beijos iluminados
Com gotas de saudade
Da estrela pequenina

"Viviani Ketely"

10/03/08

MILHO QUERIDO


Joguei as sementes no ar
o vento as levou para bem longe
algumas foram parar nos bicos dos passarinhos
outras a terra agarrou
choveu muito, muito, muitoooooooooooooooo
ah! que lindo e formoso tu ficou
até que um dia veio Maria
comi milho cozido
oh! que castigo!
te comi, milho querido.
"Viviani Ketely"

ABC DAS MÃES


ANDA logo menino
pare de BERRAR
CADÊ a prova?
não coloque o DEDO no nariz
hora de ir para ESCOLA
com FOME de novo!
não GRITE com seu irmão
HOJE tem almoço com os primos
não me IRRITE
JURA que não está mentindo?
come todo o MINGAU
NEM pense em sair na chuva
lave as ORELHAS
pare de PULAR
RAPE todo o prato
QUERO ver se escovou os dentes
SORVETE nem pensar
cuidado com o TOMBO
as UNHAS estão limpas?
VIU o que foi que eu disse
deixe de ser XERETA
você tirou ZERO, meU nenéM?
Viviani ketely



14/02/08

Aprender




Aprender É complicado
um monte de Letras ''s o l t a s''
a me afugentar
e eu: maluco tentando Agarrar
enquanto elas insistem em
minha mente Povoar.

não é fácil
mas tenho que tentar
afinal Aprender
é como encontrar um pote
de Melado pronto
para ser Devorado

então deve ser assim:

do "A" eu faço? Ah!

o ''A'' junto com "B" e tenho AB
se colocar o "C" vira ABC
e com uma pitada de sabedoria
eu tenho
Amor, Bondade e Caminho
e pelo Caminho eu me entrego pra Valer
na Gostosa tarefa de Aprender

eu mostro as letras
quem e que manda
faço valer meus direitos
de Criador
e vou Construindo
Casinhas cheias de Palavrinhas
e muita cor

Aprender tem que ser?
como o Sol
que nunca se cansa de acordar cedinho
ou como a Chuva
que nunca se cansa de Alimentar
as flores do meu Jardim

jardim este
que mora um Passarinho
que nesta manhã
Cantou para mim
Assim:

♪♪ ♪ ♪♪ ♪ ♪♪
"palavrasjuntastemqueseparar"
"embalhadasra ralhardesemba"
"ed sart arap etnerf ednuf a acuc, ãon ád! "

"letras:

s ! o ? z ! i ? n ! h ? a ! s ? n ! a ? d ! a ?f ! a ? z ! e ? m!?"

"mas juntinhas"
"mostram algo mágico"
"mostram que Aprender"
"e como BR♪♪NC♪♪R"

"Viviani Ketely"


24/01/08

'Coração de Papel'



Pegue um pedacinho vermelhinho de papel
recorte nele um coração que leve até o azul do céu
na magia da aurora, há um novo amanhecer
tudo vale à pena: sempre você saber.

O sol de cada dia, que se poe ao entardecer
nele também há um coração sempre a bater
nas florestas escondidas, batem um coração
sempre verde - verde em flor.

Nos cantos dos passarinhos, há um coração
que se poe a voar e espalhar amor
nas águas dos oceanos, há milhares de corações
batendo forte dançando com as mares.

Coração de mãe bate diferente
têm sempre lá no cantinho bem escondidinho
um perdão, para ser dividido
quando as magoas dos filhos crescidos
entristecerem este coração.

Coração vermelhinho de papel
vem juntinho aqui bater
no sonho de um amor
pronto para: suas batidas receber.


Viviani ketely

23/01/08

'Agora eu Sei'


Muita coisa eu não sabia, mas agora eu já sei
Via Láctea não é leite não, na lua não tem dragão
Buraco negro não tá no chão
Muita coisa eu não sabia, mas agora eu já sei
Estrelas são constelação
Saturno não têm dedão, pra anéis então?
Muita coisa eu não sabia, mas agora eu já sei
Em marte não tem ET
O sol é uma imensidão
E a Terra gira, gira de montão!
Gira gira de montão
Gira...gira...gira...

"Viviani Ketely"

10/12/07

''Querido Papai Noel"


Todos os dias do ano lhe espero
Fico contanto as horas pra lhe ver
Passa o tempo e me desespero
Não posso esquecer de lhe escrever

Querido Papai
Papai 'de' Noel
Querido Papai
Papai Noel
Querido Papai
Papai Noel
Traga às crianças presentes do céu

Todo ano vem devagarzinho
Vem de mansinho
Pra não - me acordar

No dia seguinte
Tenho a surpresa
O meu presente a me esperar

Querido Papai
Papai 'de' Noel
Querido Papai
Papai Noel
Querido Papai
Papai Noel
Traga as crianças presentes do céu

Autora: Viviani ketely/Anna Paggiossi